Páginas

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Olha o menino

Caros (as),

Do gênio de Jorge Ben, lembramos de lembrar da infância e das suas sutilezas, em tempos corridos e - aff!- ainda mais em Dezembro, quando a avalanche de demandas sufoca a maioria de nós... 



A composição original é de Jorge Ben (1967, álbum 'O Bidú: Silêncio no Brooklin'), mas desencavamos um clipe de Caetano Veloso, que fez bela versão desta canção (em 1978). Uma certa rudeza do vídeo não impede de acessar o que Caetano afirma, invocando o cuidado com a infância: "Olha o menino!", ele diz, encarando a câmera no final...

Não faz mal refletir que, afinal, é no reconhecimento (pelo cuidado do olhar) de sua singularidade que 'o menino' poderá usufruir de suas potencialidades - e encarar a dureza da vida...

Olha o Menino

Eu só quero que Deus me ajude
E o menino muito mais também
Pois a rosa é uma flor, a flor é uma rosa
E o menino não é ninguém

Olha o menino

Há seis mil anos o homem vive feliz
Fazendo guerra e asneiras
Há seis mil anos Deus perde tempo
Fazendo flores e estrelas

Olha o menino

Eu sou um homem sincero porque nasci
Cresci e vivo livre
Homem sincero quero morrer
Nascer e viver livre

Olha o menino...

Nenhum comentário: