Páginas

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

4a Rodada da Copa Futsal 2013: Resultados

Prezados Torcedores Responsáveis,

Seguem abaixo os resultados da 4a Rodada da Copa Futsal 2013:

[Suécia: semifinalista!]


Suécia 5 x 0 Peru (Sub-10)
Japão 5 x 2 Coréia do Sul (Sub14)

Paraguai 4 x 2 Croácia (Sub-10)
Inglaterra 1 x 2 Portugal (Sub-12)
Rep. Tcheca 4 x 4 Holanda (Sub-12)
Gana 3 x 1 Equador (sub 8)
África do Sul 1 x 3 Arábia Saudita (Sub 14)

[República Tcheca: evolução ao longo do torneio]

Tivemos um bom final de semana, com grandes partidas! Suécia, Japão e Paraguai carimbaram sua classificação às semis com ótimas atuações; a Inglaterra fez talvez o jogo mais emocionante da rodada e, mesmo perdendo por 2x1, classificou-se, pois já tinha pontuado bem. Cabe lembrar que esta equipe perdeu muitos gols, e quem não faz...

A República Tcheca e Gana, que não têm mais como concorrer ao título, se despediram com atuações muito boas; e a África do Sul perdeu, mas fez um baita jogo, com aplicação tática de sobra para enfrentar o ótimo time da Arábia Saudita. Mesmo assim, está classificada também.

Podemos considerar um bom ano pra nós em termos de resultados, visto que teremos 05 equipes, das 07 inscritas, nas semifinais! A classificação foi enviada por e-mail, e nosso álbum de fotos, ali ao lado no blog, está ficando ainda mais bonito (dá um pulo lá!).

Bem, um ano bom em resultados, mas não só: as aprendizagens, a possibilidade de atravessar sentimentos e emoções tão diversas, das mais leves e saborosos às mais pesadas e mesmo tristes. O importante é que a criança e o adolescente consigam perceber, cada vez mais, que jogar é sempre um risco. Os treinamentos, a tática de jogo, o talento e o suor ganham sentido mais amplo se a pessoa pode se arriscar, de verdade. Os extremos do pessimismo quanto a si e à equipe, ou da arrogância (idem idem), devem ser abandonados, e é nesse momento que o adulto (pais e professores) pode fazer a diferença. É necessário maturidade para não depreciar nem a si, nem ao adversário - e encarar o jogo como um risco, mas com confiança. Maturidade compatível com a idade foi uma das coisas mais importantes que pudemos conquistar ao longo destas quatro rodadas.

Um beijo grande para quem já se despediu,  e força total para aqueles que buscam o caneco! Obrigado às famílias pela força, saudações esportivas e vamos com tudo!

Um comentário:

Marcia disse...

Grata por tudo e parabéns pelo seu trabalho!