Páginas

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Chutebol: 10 anos - parte 4

Caríssimos,

Segue abaixo o 4o (e penúltimo) vídeo-documentário de registro dos 10 anos da Escola de Futsal do Clube Militar - Projeto Chutebol. Aprofundamos neste momento as reflexões sobre as competições infanto-juvenis: por que fazê-las? Como fazê-las?...


"Crianças e jovens precisam movimentar-se para que o seu desenvolvimento psíquico e físico seja harmônico. Esta necessidade é algo natural em crianças, e é orientada por uma inquietação natural. (...) Como a movimentação - contida pela educação e pela escola - é uma necessidade para o desenvolvimento, o treinamento físico na infância e juventude é altamente recomendável. Já a adoção de um treinamento com finalidades de obtenção de desempenho esportivo depende da análise de uma série de fatores.

(...) Crianças e jovens não são miniaturas de adultos, e não devem ser submetidas a um treinamento nos mesmos moldes. Tal treinamento consiste na verdade de um processo sistemático, e a longo prazo; objetivos, programas e procedimentos diferem daqueles adotados em um treinamento para adultos. De um modo geral, podemos destacar que:

  • Todo treinamento que visa desempenho deve ser uma opção própria, e não uma imposição de pais e treinadores;
  • O treinamento deve ser adequado à idade e à mentalidade da criança;
  • O treinamento não deve prejudicar ou comprometer os estudos;
  • O treinamento deve deixar ainda a possibilidade para que o praticante se interesse por outra modalidade esportiva.

As condições psicofísicas para o aprendizado motor devem ser utilizadas para o aumento do repertório de movimentos e para a melhoria da coordenação em escolares iniciantes; em escolares de desenvolvimento tardio, estas condições são utilizadas para o ensino de uma modalidade esportiva, de técnicas básicas dentro de uma coordenação mais grosseira que deverá ser aperfeiçoada. A instrução poliesportiva deve estar em primeiro plano.

O entusiasmo infantil deve ser aproveitado para a execução de exercícios motivantes (...), familiarizando-os com o esporte, que talvez venham a praticar por toda uma vida."

[Adaptado de 'Treinamento Ideal', Jürgen Weineck, 1999]



Nenhum comentário: