Páginas

terça-feira, 13 de setembro de 2011

A Primeira

"Não sei de que material é feita a bola de hoje. Quando ganhei a primeira bola, ela era feita de couro. Tinha uma câmara dentro, como nos pneus. Enchia-se a câmara com ar com uma bomba de bicicleta - ou com os pulmões mesmo, naquele tempo se tinha fôlego - e ajeitava-se o mamilo da câmara dentro do couro da melhor maneira possível, antes de amarrar os cordões da bola, que tinha cadarços como as chuteiras.

Isso tudo foi neste século, sim. Minha primeira bola tinha o tamanho regulamentar, era uma número cinco autêntica. Os locutores de rádio chamavam a bola de futebol de 'a número cinco', além de 'o esférico', 'a pelota', etc. (...) Nenhum prazer do mundo se igualava ao cheiro do couro de uma bola de futebol recém-desembrulhada latejando em suas mãos.

(...) Quase tão bom quanto o cheiro da primeira bola era correr atrás dela, mesmo que só fôssemos craques na nossa própria apreciação ('Que lance, senhoras e senhores!', eu gritava, mesmo que só estivesse fazendo tabela com a parede). Correr atrás da primeira bola é o que todos nós continuamos fazendo, tamanhos homens, até hoje. E continua bom.

[Adaptado de 'A Primeira', L. F. Veríssimo, 1999]

***
Resultados da 2a Rodada da Copa Futsal/2011
Gana 5 x 2 Trinidad Tobago [sub-8]
C. Marfim 3 x 2 Polônia [sub-8]
Holanda 1 x 4 França [sub-10]
Ucrânia 4 x 2 Suécia [sub-10]

***
A Blooks Livraria é agora parceira do Chutebol! É aquela livraria bacana do cinema Unibanco Arteplex, na praia de Botafogo. Pais e alunos do nosso Futsal têm desconto de 10% lá, comprovando com a carteira de mensalidades em dia, ok? Clicando no banner deles, lá em cima no Chutebol, dá acesso ao blog com as novidades. Nossos parceiros apoiam a  discussão da infância contemporânea e as ideias defendidas no blog!

Aquele abraço, saudações esportivas

4 comentários:

Paola disse...

Parabéns pelo jogo ontem – o ânimo, garra e desempenho dos meninos reflete o seu como professor e motivador, que é muito legal !

Anônimo disse...

Acho que esse texto ilustra pq o grande e verdadeiro amor dos meninos é a bola.
Parabéns pelos resultados!

Anônimo disse...

Ou seja, o jgo nunca acaba! Milho LeRocke Balboa (jogando todo dia).

Regina disse...

Gostei do seu blog. Abraço.
Regina
www.livroerrante.blogspot.com